Sobre

Esse é um blog sobre ciência, mas apenas coisas interessantes pelas quais tropeço enquanto tento fazer ciência. Coloco neste espaço ideias bonitas na física e na matemática, um pouco mais de física, pois em matemática sou garoto. Como gosto de muitos assuntos, alguns leitores podem ficar desmotivados com um post mais específico, quando falo de meu trabalho ou de uma física mais elaborada, então decidi classificar meus posts em três: Rookie, para quem gosta de ciência, Geek, para quem começou alguma faculdade na área, e Hardcore, para quem já é amigo de bras e kets.

O blog é atualizado em sextas-feiras alternadas, ou na medida em que consigo atualizar nas sextas-feiras alternadas, exceto pelos posts da categoria hardcore, que acabo lançando no meio da semana. O objetivo é sempre fornecer algum assunto para leitura mais simples, dedicar uma quinzena a um único post hardcore, cujo público não é muito vasto, pareceu-me exagero. Eu atualizava uma vez por semana, é verdade, mas o doutorado tem vencido o blog, então prometo menos para poder cumprir.

Pediram para eu colocar alguma coisa sobre mim aqui, e sobre minha jornada científica. Comecei meu treinamento Jedi no instituto de física da USP, onde virei fisico, segui pela École Polytechnique, que insiste em me chamar de engenheiro, e terminei meu mestrado na Universidade de Paris 7 (Diderot). Trabalhei vez ou outra no instituto de física teórica da École Normale e, atualmente, realizo meu doutorado no laboratório de física estatística da Universidade de Paris 11. Já trabalhei em uma usina nuclear!, mas foi bem menos divertido do que eu imaginava.

Anúncios

2 ideias sobre “Sobre

  1. Miguel Jorge

    Ricardo, olá.
    Pelos motivos misteriosos que governam a web, acabei tropeçando em seu blog ao me preparar para escrever um capítulo muito adiado de minha tese (que novamente será adiado). Construiu um espaço bem interssante aqui. Legal mesmo. Como curioso que sou (e por que foste, em parte, culpado por minha distraçao) resolvi pesquisar sobre tuas pegadas enquanto pesquisador. Com certeza deixaste marcas na USP, mas como acho pouco provável que tenhas publicado em 1977, acabei por não encontrar trabalhos teus. Como um físico que escreve tão bem (ok, sei que muitos o fazem, mas poucos jovens a divulgam tão bem como tu) tem um cv lattes (quase) em branco? Não é critica, pelamordeDeus!
    Abraços!

    Resposta
    1. Ricardo Marino Autor do post

      Olá, Miguel Jorge.
      Fico feliz que tenha gostado do blog, e seja bem-vindo! Infelizmente não publiquei em 1977, pois nasceria apenas onze anos depois; minhas publicações não são extensas porque ainda estou engatinhando na pesquisa, começo meu doutorado logo, minha pesquisa por enquanto são apenas trabalhos pequenos em sistemas quânticos abertos e matrizes aleatórias. Eu confesso que meu Lattes deve estar deserto, nem me lembrava dele; deixei de atualizá-lo há anos quando saí do Brasil. Ainda, a principal razão disso é que ainda sou garoto. E sinta-se à vontade para se distrair ainda mais, fico feliz em contribuir com isso, desejando-lhe, claro, boa pesquisa e boa tese.

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s